Product ID: 100
Product SKU: 100
Odômetro De Âncora Guincho Nautico Lancha

Odômetro De Âncora Guincho Nautico Lancha


Não disponível

Enviar
Avise-me quando estiver disponível

Odômetro de âncora Micro control

Produto a pronta entrega - Envio imediato.
Nota fiscal eletrônica em nome do comprador

Características:
- Simples instalação.
- Sem necessidade de puxar fiação pela proa até o guincho.
- Design moderno e discreto.
- Funciona com qualquer tipo ou modelo de guincho elétrico.

Sempre que for ancorar, libere a quantidade de corrente correspondente a 3 vezes a profundidade que se encontra, ou mais que isto.

Funcionamento:
- Para visualizar o valor quando o display está apagado, basta dar um toque rápido no botão da âncora (subir ou descer).
- Sempre que for ligada a ignição, o display pisca por duas vezes, a fim de alertar que a âncora está recolhida.
- Sempre que recolher a âncora e o valor ficar menor que 2 metros e a ignição estiver, ou for ligada por mais de 3 minutos, o display zera automaticamente.
- O equipamento não mostra valores negativos, se ocorrer na subida esta situação, o display mostrará zero, mesmo que a âncora esteja subindo.
- Toda vez que mexer (subir ou descer) a âncora com:
Ignição Ligada.............Display fica aceso por 10 segundos.
Ignição Desligada........Display fica aceso por 30 segundos.
- Quando estiver Ligada a Ignição e a Luz de Navegação o display diminui a intensidade luminosa

Leia abaixo a matéria da Revista Náutica - Por Marcio Dottori:

Eis a dúvida mais comum no momento da ancoragem: como saber quantos metros de corrente lançamos na água, na hora de jogar o ferro? Marinheiros experientes conseguem saber apenas olhando o ângulo que a amarra faz com a água. No entanto, os barcos maiores não permitem enxergar facilmente a amarra na proa. Ou seja, nesta hora, um medidor de amarra confiável é uma mão na roda. Alguns fabricantes de guinchos oferecem medidor embutido no equipamento ou de forma opcional. Mas o preço assusta. Eles chegam a custar pelo menos R$ 1,5 mil, sem contar o próprio guincho. Uma solução bem menos onerosa é o odômetro de âncora AMX 499, desenvolvido pela empresa gaúcha Microcontrol. Tem o tamanho de uma caixa de fósforos e, por isso, ocupa pouco espaço no painel. E é relativamente fácil de instalar, já que se conecta diretamente ao interruptor do guincho, à luz de navegação e à chave de ignição, evitando ter de passar uma nova fiação da proa até o painel ? operação necessária quando o medidor fica instalado junto ao guincho.

Saber o comprimento da amarra é fundamental para fundear com segurança. Afinal, manter o barco dentro de uma área predeterminada influencia diretamente na quantidade de cabo ou de corrente em relação à profundidade. Deve-se lançar, pelo menos, três vezes a quantidade de cabo ou de corrente em relação à profundidade, lembrando que, neste cálculo, levamos em conta a altura da borda-livre do barco na proa. Seguindo as indicações do fabricante, instalamos o aparelho em uma lancha Magnum 29. Após a calibração inicial, medindo com uma trena exatos 4 m de corrente do ferro, executamos as instruções (bem didáticas, por sinal) descritas no manual. Na sequência, comparamos o valor mostrado no visor do aparelho com a quantidade de corrente lançada pelo guincho. Com a corrente devidamente marcada, acionamos o botão do guincho até aparecer o número 6 no visor luminoso vermelho do odômetro Microcontrol. Em seguida, fomos até a proa para verificar se a marca (6 m) correspondia ao valor indicado no aparelho. E, para a (boa) surpresa, a diferença foi de apenas alguns centímetros! Depois, recolhemos totalmente a âncora para verificar sua eficácia também na fase inversa, ou seja, de subida.
Na primeira tentativa de recolher a âncora, a diferença foi de um metro (com a âncora toda recolhida, a telinha do aparelho mostrou o número 1). Zeramos o valor no visor do medidor e repetimos o mesmo teste, descendo e subindo a âncora várias vezes. Em todas as vezes, as diferenças entre os valores mostrados no aparelho e os valores reais foram muito pequenas, a ponto de não comprometer a segurança de uma ancoragem. A diferença tem a ver com o próprio princípio de funcionamento do aparelho, que faz a leitura da metragem da corrente que passou por ele, descendo ou subindo, baseado no tempo de operação do motor do guincho, e não propriamente no comprimento do cabo. Ou seja, o proprietário precisa ir se adaptando ao aparelho conforme o tempo de uso para obter a máxima eficiência. Para se ter uma ideia, o aparelho não irá funcionar corretamente se o procedimento de recolhimento da âncora não usar o motor do barco como suporte, a fim de evitar um esforço desnecessário no guincho. Dessa forma, como confirmamos, o valor mostrado no visor não corresponderá à medida real.

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

Características